Casamento 100% vegano – Raquel Rache e Rodrigo Fragoso

Acho lindo ver cada vez mais pessoas de todos os tipos, gostos, credos, crenças e estilos podendo viver o ritual do casamento de uma forma que realmente lhe representa!

Como eu acompanho esse mundo dos casamentos há muitos anos acabo vendo essas – e outras – mudanças acontecerem, né? E é lindo ver isso. Há poucos anos atrás os casamentos eram sempre mais do mesmo, e qualquer inovação, mudança ou novidade era vista como espanto por todo mundo. Mas as coisas mudaram, o mundo mudou!

Acredito que é por isso que as pessoas estão se casando cada vez mais – e gostando disso. Tem coisa melhor do que viver um momento seu, do jeito que mais combina com você? Poder adaptar seu ritual para que ele realmente tenha significado para você?

A Rachel e o Rodrigo fizeram um ritual inteirinho baseado nas crenças e valores deles. E foi lindo. E leve…

Frufru

Um casamento clean e sustentável

Uma celebração ao amor e à natureza. Assim pode ser definida a cerimônia de casamento de Raquel Rache e Rodrigo Fragoso, realizada em fevereiro desse ano na Fazenda Santa Marina, em Moeda, charmosa cidade mineira do circuito Estrada Real.

O casal, que adota a filosofia vegana em suas vidas, optou por uma festa que seguisse a ideia de máximo respeito ao meio ambiente. 

A decoração refletia a harmonia e singularidade do casal. Além de abrirem mão das tradicionais flores, sempre tão presentes nestas cerimônias, Raquel e Rodrigo optaram por ornar a festa com elementos que faziam referências à natureza e suas riquezas. “Nosso objetivo foi mostrar a sinergia do modo de vida vegano com o meio ambiente. Os cataventos simbolizaram o ar e inspiravam as pessoas a respirarem fundo. Cristais e pedras preciosas representavam a terra. Já as velas remetiam ao fogo. E a água, estava com sua imponente presença em vários detalhes”, relembra Raquel.

A bordo de um belo vestido Chanel e com um colar de seu acervo pessoal, Raquel percorreu, de braços dados com seus pais, o caminho que a levava até Rodrigo. O noivo, por sua vez, usava um terno em tom nude. “Comprei meu vestido anos atrás e foi amor à primeira vista. O colar eu já tinha. Acho engraçado ter adquirido essas coisas sem saber quando e onde usaria. Isso me fez perceber que tudo acontece por um motivo, mesmo quando não entendemos”, pontua a noiva. Ao contrário de Raquel, que já tinha toda a sua produção pronta, o noivo Rodrigo teve dificuldades para encontrar o sapato ideal. “Este foi o maior desafio, pois, todos os sapatos encontrados eram de couro e, como somos vegamos, não utilizamos este material. No fim das contas, achamos!”, conta Raquel.

frufru

Os detalhes da festa

Os 150 convidados que tiveram como dress code o branco e o marfim, puderam se deliciar com as receitas naturais reproduzidas pelo restaurante D’artagnan. No receptivo, cookies, requeijão de castanha de caju, focaccia vegana, tofu mexido, sucos e chás. Como aperitivos, destaque para a coxinha de jaca, quibe vegano e empadas de palmito e berinjela. No almoço, gnocci com molho de tomate e salada verde com nozes e manga e risoto de cogumelo. Para incrementar o menu, uma horta vertical estava disponível para que os convidados temperassem seus pratos na hora.

Na mesa de doces, os destaques eram os brigadeiros de pistache, os churros e a paçoca, as conchas de chocolate branco,o brownie e o alfajor vegano, que substituiu o bem-casado. O bolo tinha três sabores, branco com recheio de brigadeiro, chocolate crocante e chocolate recheado de doce de leite, todos feitos com castanha de caju.

Já a música da cerimônia ficou por conta de ninguém menos que Marcus Viana. A pista de dança, que foi animada pelos DJs Lui, Gabriel Rache e Claudio Moretto, foi aberta pela versão musicada do poema “As sem razões do amor”, de Carlos Drummond de Andrade.

frufru

Amor in natura

O amor e respeito pela natureza, e uma ajudinha da internet, levaram Raquel e Rodrigo a se encontrarem. “Nos conhecemos pelo Facebook, em grupos veganos, e em meu canal do Youtube. Foi ali que começamos a nos falar. Tempos depois foi realizado um evento especializado no assunto em Niterói, cidade natal do Rodrigo. Foi lá que nos conhecemos pessoalmente.

O melhor de tudo é que neste primeiro contato já me senti muito à vontade com ele. Cheguei ao evento com muita fome e comprei um hambúrguer. Quando dei a primeira mordida, ele começou a despedaçar e pensei: ‘Meu Deus! O que estou fazendo?” Hambúrguer no primeiro encontro não é boa ideia (risos)’. Após o evento, fomos para a praia de Itacoatiara. Era uma noite de verão e, ali, demos nosso primeiro beijo”, conta Raquel.

O pedido de casamento também não fugiu à regra e foi feito em um clima romântico e especial. “Foram feitos dois pedidos. O primeiro, na Pedra do Pampo, também em Itacoatiara. O segundo, que foi o oficial, na fazenda. Ele me chamou para praticar AcroYoga e quando eu estava “voando” ele fez o pedido. Foi muito lindo”, relembra.”

Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano bem-casados-embalagem Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano Casamento 100% vegano

Frufru

Créditos:

Assessoria e cerimonial: Rockstage Produçoes / Filmagem: Uma Rosa Filmes / Fotos: Luiza Ferraz / Decoração, paisagismo, velas e toalhas: Mônica Lipiani / Móveis: Commemorare / Louça, prataria e souplats: Loja das Festas / Forminhas dos doces: Alda Rache / Músico da Cerimônia e recepção: Marcus Viana / Toldos, forrações e fechamento: Total Coberturas / Bolo, doces e chocolates: Doce Vegana / DJs: Lui, Gabriel Rache e Claudio Moretto / Sax: Frank Bueno / Colar e sapatos da noiva: Chanel / Buquê: Marilene Vieira / Roupa do noivo: Zak / Som: Equipe 1 / Iluminação: Vagalumes / Lembranças: Veganza / Lua e mel: Ibitipoca – Minas Gerais / Segurança e manobrista: Company / Aluguel de carro: Vip Vans

2 Comentários

  1. Tatiana disse:

    Amei!! Eu, como vegetariana, iria amar estar em um casamento vegano, que pra mim iria ser a celebração do amor a vida, do amor aos animais e do respeito a vida… maaass meu noivo não é e 90% da minha familia tb não são e como eu acredito no respeito as escolhas, meu casamento tera um cardapio variado. Oh Bel eu queria era que vc fizesse uma materia sobre joias ou joalherias aqui do Brasil, sobre os aneis e alianças… só conheço dois nomes de joalherias e queria saber de algumas outras opções confiáveis. Obrigada, Tatiana (noiva aqui de BH)

    1. Bel Ornelas disse:

      Tati, enquanto o post não sai, se quiser me mandar um e-mail (bel@casandoembh.com.br), te indico algumas!
      beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *