Casamento de Valéria e Edinho

Um dos casamentos mais lindos dos últimos tempos: vintage e romântico, essa combinação que nunca falha e que a gente é fã! Jivago Sales arrasou nas fotos, a noiva arrasou no look, o noivo arrasou na emoção e os convidados na animação da festa. Encantador!!

E pra completar a Valéria escreveu um texto suuuuper detalhado, contando de cada coisinha, de cada fornecedor e de cada uma das cerimônias de casamento (sim, eles tiveram duas cerimônias!!!). É grande mas vale muito a pena ler porque ela fala de cada ítem escolhido, acredito que vá ajudar muito cada uma de vocês em suas escolhas!!

FrufruO casamento feito à mão

(por Valéria Pacheco Coelho)

“O casamento feito à mão”, como bem dito pela amiga Luciana Araújo, é a frase que melhor descreve o casório da Valéria e do Edinho, em setembro de 2012, em Belo Horizonte-MG. E nada melhor que a própria noiva para narrar com mais detalhes os acontecidos… vamos lá?!

Sinto muita saudade dos preparativos e do friozinho na barriga pra chegada do grande dia, que acreditem, passa tão rápido como se fossem segundos!

Nosso casamento foi tão aguardado, preparado, dolorido e prazeroso ao mesmo tempo… creio eu, como o nascimento de um filho. Deve ser por isso que demorei exatamente nove meses para liberar este texto e as fotos para os blogs que queriam publicá-lo. Tanto tempo de espera!!! Tomara que valha a pena!!!

A questão por trás de tanta demora é que quando você se dedica de corpo e alma a algo tão único e especial quer que outros conheçam os fatos que permearam cada detalhe… para que tudo fique mais claro, completo, faça sentido e, quem sabe, até ajude outras pessoas a não cometerem os mesmos erros e ganharem algumas inspirações!

Para esse sonho sair do papel deu o maior trabalhão, mas o resultado final foi emocionante e valeu muito a pena!!!

Se nosso casório fosse descrito em números provavelmente seria assim: 01 noiva super detalhista e com ideias intermináveis; 01 noivo super lindo e paciente até demais; 02 famílias muito participativas; 02 grandes amigas para o que der e vier e inúmeros amigos e amigas super prestativos; 02 cerimônias; 03 vestidos de noiva; 03 buquês; 02 vovós e 01 vovô maravilhosos (!); 02 arranjos de cabelo iguais (!!!); 02 projetos de decoração; garrafas e vidros incalculáveis e – queira Deus – AMOR INFINITO PARA OS POMBINHOS!!!

Bem, quando o filme se passa com um casal com 10 anos de namoro, dois noivados (um com família dele e outro com a dela) nada melhor que DOIS CASAMENTOS e muitos imprevistos para mexerem com os nervos da noiva, exercitarem a paciência do noivo, e impulsionarem a criatividade, flexibilidade, cooperação e principalmente, fortalecer o amor entre as famílias e as verdadeiras amizades!

Resumindo em partes….

A primeira cerimônia

Aconteceu no dia 07 de setembro de 2012 na Paróquia São Miguel Arcanjo (BH) e foi realizada pelo Padre Lauro Lima, amigo de infância da família da noiva. A celebração –religiosa com efeito civil – foi destinada apenas para família e amigos mais íntimos e foi breve, direta e com uma mensagem muito bonita e marcante. Padre Lauro, com sensibilidade artística sem igual, fez uma decoração MARAVILHOSA na igreja e deu de presente para os noivos que, além disso, tiveram a honra de estrear a paróquia após linda reforma idealizada pelo próprio Padre!

O vestido usado pela noiva nesta cerimônia foi inspirado no do casamento de sua mãe, na década de 70. Era uma coisa linda que de tão simples chegava ser chique! A versão atual foi confeccionada pela querida costureira da noiva desde adolescência – Ninha –, em Teófilo Otoni-MG. Poucas provas em um final de semana super corrido…. a noiva e sua mãe criando e bolando na hora da costura… tira pano, tira babado, corta aqui , corta ali, faz a manga de novo. Nas últimas provas entrou um cintinho bordado encomendado em São Paulo… ufa, ficou pronto!

A noiva foi levada até a igreja pelo sogrão em seu fusca de “estimação” todo lindo! Coisa mais bacana e retrô não há!!! Chegando lá “a bola foi passada” para o Silvinho, namorado da irmã do noivo, que foi responsável por conduzir o fusquinha até a porta da igreja e acalmar, de um jeitiinho todo especial, a noiva tão aflita.

O Buquê de lavandas inigualável foi colhido e cuidadosamente montado pela Tia Diana da Flavinha (grande amiga da noiva) e também foi presente! Sorte da amiga Daysi que foi a felizarda que levou-o pra casa após disputa acirrada na porta da igreja…rs

A saída dos noivos foi ao som de “Smooth Criminal” do Michael Jackson ao violino, por Anderson Quintiliano (que tocava todos dias na esquina da Rua Rio de Janeiro com Tupis, pertinho da casa da noiva).

E pra fechar, na porta da igreja teve saquinhos com a logo do casal cheinhos de arroz aromatizado. Foi uma belezura de chuva de arroz repleta de sorrisos, bênçãos e boas vibrações!!!


 photo 1_zpsc8ca6830.jpg
 photo 2_zps126ad6f0.jpg
 photo 3_zpsf63a4d0a.jpg
 photo 4_zps5fd2191d.jpg
 photo 5_zpse842c732.jpg
 photo 6_zpsbc1b8062.jpg
 photo 7_zpsd40167c8.jpg
 photo 8_zpsb6f4a162.jpg
 photo 9_zps77f9b84d.jpg
 photo 10_zps3e78b6c8.jpg
 photo 11_zps162eb11b.jpg
 photo 12_zps6fea8c5c.jpg
 photo 13_zps5e7ad132.jpg
 photo 14_zps0cea809f.jpg
 photo 15_zps9c29be7d.jpg
 photo 16_zps18662357.jpg
 photo 17_zps1a11dd34.jpg
 photo 18_zpsb9b83ff4.jpg
 photo 19_zps6692adb8.jpg

Segunda cerimônia

A cerimônia, seguida da recepção, foi realizada no lindo espaço Bela Casa  que foi o primeiro local visitado pelos noivos e rendeu um grande amor, à primeira vista! Confesso que, além do local ser mesmo super belo e nos fazer sentirmos em casa, as fofíssimas Carol e Cristiane tornaram tudo mais doce, fácil e prático!

A primeira roupa da noiva – composta por saia, blusa e cinto –, assim como a cerimônia e a sessão de fotos no estúdio, foi inspirada na década de 50. Esta foi desenhada pela noiva e posteriormente modelada no curso de moulage juntamente com a querida Juliana Winck. A noiva foi a São Paulo comprar os tecidos para confecção das peças e, para desespero da mesma, a primeira vez que a roupa ficou pronta não estava do jeitinho ideal… e agora?! O que fazer?! A querida Juliana, mesmo com seus tantos afazeres, se propôs a costurá-la como presente para o casal. Mas e o tecido?! A noiva entrou em contato com a mesma loja em SP (http://www.gjtecidos.com.br/) e descobriu – com os super fofos Thiago e Débora – que só restava um pequeno pedaço da peça. Que desespero!!! Manda assim mesmo!!! A Jú fez um verdadeiro milagre com o tecido e, com extrema perfeição, conseguiu confeccionar a roupa que ficou linda e impecável! Um super presentão!!!

Todos os lenços dos pais e padrinhos e o outro vestido da noiva – usado na segunda parte da recepção – foram costurados, com todo carinho desse mundo, por sua mãe! O cintinho brilhante, nem parece, mas foi aquele mesmo usado com o vestido do casamento na igreja. As sandálias muito confortáveis, glamourosas e com super gliter são da Melissa.

Os broches do noivo e do pai da noiva, além dos acessórios da noiva – casquete, anel e luvas – foram encomendados pelo e-bay. As luvas foram um verdadeiro achado, pois vieram da China sem frete e custaram uma pechincha!!! A história bizarra nessa parte é a da casquete que, mesmo encomendada com antecedência de 07 meses, enquanto vinha dos EUA, por algum motivo, se extraviou no meio do caminho. Desesperada, a noiva teve que comprar outra, com uma taxa de entrega absurda para que chegasse a tempo. Pasmem… as duas chegaram praticamente juntas um mês antes do casório.

A empresa de decoração, com mais de 10 anos de mercado e super bem indicada, contratada e paga com mais de um ano de antecedência infelizmente faliu (Que sufoco!!! Como assim?!). Sem saída e sem possibilidade de arcar com outra contratação, a noiva teve que recriar um novo projeto mais viável voltado para sustentabilidade e minimalismo. Quanta pesquisa!!! Foram pastas e mais pastas de imagens no computador! A sogrona que o diga!!! rs.

Garrafas e vidros diversos foram doados por amigos e parentes e lotaram a sala do apto da noiva. Os caminhos de mesa, passadeiras e guardanapos de tecido foram cuidadosamente costurados pela mãe da noiva. Livros usados, materiais inusitados, objetos antigos e de valor sentimental e até sucata ganharam vida com a ajuda das duas grandes amigas, Bia e Flavinha, virando noites e madrugadas sem fim, pintando, lixando, colando, criando… Dá para acreditar que potes de maionese, azeitona e geléia se tornaram lindas velas?! E que tampas do óleo corporal do boticário (que a noiva usa demaisss!!!) viraram belíssimos castiçais que enfeitaram a mesa da família?! E que um tecido comprado por apenas R$ 2,99 encapou lindamente os cachepôs, vidros e as cúpulas dos abajures?! E que vidros de perfume e azeite se tornaram arranjos super delicados?! Dessa forma foi possível tornar realidade um projeto de decoração tão pensado e sonhado, que ficou SIMPLES, porém muito acolhedor, encantando aos convidados por sua delicadeza, PERSONALIZAÇÃO e originalidade! Foi uma alegria sem fim ao ver que deu tudo certo!!!

A logo do casal, na qual um coração é formado pelas iniciais dos nomes dos noivos (E e V), deu um show à parte!!! Esta foi idealizada pela noiva e aprimorada por sua cunhada Sarah Floresta e pela criativa Carla Carlota, da empresa Chic no Último que – mesmo à distância – foi responsável pela impecável confecção dos convites de casamento que refletiram a personalidade e individualidade do casal e ganharam até estampa personalizada contendo a logo. Ainda falando dos convites, vale lembrar que os mesmos ficaram ainda mais formosos quando subscritados pela minuciosa Alessandra. E voltando a falar da logo cabe destacar sua presença em diversos momentos relacionados ao casório, como por exemplo: iniciou sua participação no gif do convite virtual retrô (também feito pela cunha Sarah) e nas tags do chá de panela; depois apareceu “pulsando” no vídeo convite (feito pela Horizonte Vídeo); se destacou com o carimbinho personalizado que se reproduziu atrás das máscaras e plaquinhas para a festa e nos vários saquinhos cheios de arroz e coraçõezinhos voadores que foram jogados pelos convidados após a primeira e segunda cerimônia; deu um charme especial ao ser jateada nos copinhos e garrafinhas de vidro – com cachaça artesanal – dados como lembrancinhas (Speciale 31 9764-2292); brilhou no roupão personalizado usado pela noiva no making of; fez bonito ao enfeitar e colorir os paletós dos pais e padrinhos em forma de broches de acrílico cortados a laser (http://acaosinalizacao.com.br/) e, finalmente, se destacou na cor vermelha em um dos broches do buquê.

Outros elementos super marcantes que fizerem toda a diferença e merecem destaque são:

 O vídeo convite feito pela Horizonte Vídeo abriu as portas para que todos os convidados pudessem conhecer um pouquinho mais sobre a história do casal. Foi muito emocionante para os noivos reviver os momentos de amor, na UFMG, local onde se conheceram. E foi bacana demais para noiva poder participar durante vários dias do processo da edição do vídeo ao lado dos queridos Luiz e Wiver.

 O Divino Espírito Santo, feito à mão em madeira, dependurado na fonte do jardim do Bela Casa foi emprestado pela sogra e abençoou a segunda cerimônia. Como bem diz o nome, ficou Divino! Nesse ponto vale lembrar a inestimável ajuda do sogrão, da amiga Flavinha e dos amigos Beto e Seu Zé para montagem da decoração. Ter família e amigos para “quebrar um galhão” não tem preço!!!

 A cristaleira alugada contendo relíquias dos sogros, brinquedos e objetos da infância e de valor sentimental para os noivos e seus familiares, o desenho do vestido da noiva, seu manequim, e uma seleção de fotos do casal, do casamento de seus pais e de sua família compondo as paredes de vidro do deque e também sua árvore central (com porta-retratos dependurados), juntamente com a mesa do bolo, compuseram a decoração do deque – onde padrinhos e familiares aguardavam – e trouxe lindas memórias, lembranças e bons sentimentos para todos!

 O casal de saleirinhos, doados pela própria cisne junto uma linda cartinha, compuseram o inusitado topo do bolo.

 Penduricalhos feitos um a um pela noiva e suas amigas com quinquilharias diversas e sucatas da casa do vovô do noivo enfeitaram as laterais das cadeiras da cerimônia e não passaram despercebidos.

 A celebração da cerimônia realizada pelo lindo, alegre, apaixonado e divertido casal composto pelo irmão da noiva e sua noiva foi um sucesso! Diz a lenda que Nandão vai até fundar uma igreja…rs. Fernando e Sarah, por incrível que pareça, aceitaram o convite de última hora, apenas dois dias antes do casório, devido a um incidente trágico com uma familiar do amigo que iria ser o celebrante, impossibilitando-o de comparecer ao evento.

 O vovô pajem e as vovós daminhas encheram a cerimônia de emoção!!! O detalhe aqui é que as roupas das avós foram desenhadas pela noiva e a casinha das alianças também foi feita pela mesma; afinal, quem casa quer casa!!! rs

 A participação mais que especial do pai e tia da noiva tocando e cantando “Como é grande o meu amor por você” (Roberto Carlos) marcou o momento da benção das alianças com as duas famílias formando um lindo círculo em torno dos noivos. Foi único, inigualável e comovente!

 A chuva de corações picados à mão pela noiva e sua amiga Bia selaram um beijo (mais que apaixonado!!!) e fecharam em grande estilo e, com muitas bênçãos, a saída dos recém-casados.

 A moldura antiga da sogra e os balões à gás em formatado de coração abrilhantaram as fotos após a cerimônia.

 Placas feitas com madeira da fazenda do pai da noiva e com as letras recortadas em papel contact vermelho pela mesma indicaram a direção da recepção com muito “amor”, trouxeram o somatório “Valéria + Edinho” e demarcaram os lugares do casal na mesa da família (na verdade não se sabe o porquê já que o casal nunca se senta durante a festa… rs). O “pulo do gato” aqui foi a formidável criatividade do sogrão que teve a grande ideia de, após a cerimônia, retirar as letras de contact da placa e colá-las no vidro de trás do fusquinha. Junto com as latinhas (cuidadosamente preparadas por Vanessinha e Johanderson) criou-se um cenário totalmente retrô que rendeu fotos admiráveis após a recepção!

 Um grande obrigado, com as letras minuciosamente recortadas pela noiva e coladas em garrafas doadas de conhaque, recepcionaram os convidados no salão com belas flores do campo.

 Na área reservada para as crianças, mini máscaras, pirulitos, balas e desenhos dos noivos para serem coloridos e carimbados (com a logo do casal) fizeram a alegria não só da meninada, mas também de alguns adultos. Os amigos Érika e Sérgio Castro fizeram uma pintura tão linda do casal que hoje está emoldurada decorando a o quarto de hóspedes dos mesmos.

 A dança dos noivos cuidadosamente coreografada e ensaiada pela querida amiga Daysi Vieira marcou, em grande estilo, a entrada dos recém-casados no salão.

 Na pista de dança uma moldura dependurada (essa bombou tanto que tinha gente que queria levá-la pra casa!!! rs) e uma penteadeira com plaquinhas divertidas e várias máscaras de desenhos e personalidades diversas – uma a uma recortadas pela amiga Flavinha – contribuiu ainda mais para a diversão dos convidados, que se esbaldaram com a brincadeira e fizeram as fotos engraçadíssimas!

 O abalambique do sogrão – com foguinho e tudo mais – foi sucesso garantido com cachaça liberada a noite toda, servida em copinhos personalizados com a logo do casal.

 A seleção de músicas divertidíssima e super dançante – cuidadosamente feita pela irmã do noivo e seu namorado – trouxe à tona flashes da adolescência de todos os convidados com a mesma faixa etária dos noivos e despertou ótimos sentimentos e emoções nos presentes que, literalmente, “soltaram a franga” na pista!!! rs

 A banda Radiolaria (bandaradiolaria@gmail.com) com todo seu estilo vintage, irreverência e originalidade pareceu ter sido criada especialmente para este casamento e, revezando-se com a criatividade e profissionalismo do Dj Hobby Som (djhobbysom@gmail.com) não deixou a festa parar nem por um segundo, garantindo muita animação e momentos verdadeiramente inesquecíveis para todos os convidados! Um desses momentos contou com a participação especial dos irmãos da noiva, Fernando e Sinval Timóteo, tocando e cantando duas músicas (“A Minha Menina”/Os Mutantes e “Don’t let me down”/ The Beatles). Sucesso total esses meninos!!!

 O tão famoso, comentado, e super pesado (dá pra acreditar?!) buquê de broches foi inspirado no tutorial da Bia e foi confeccionado com ajuda da querida vizinha Daysi Vieira e também do talentoso noivo. Este teve de tudo um pouco: broches variados; pequenas “relíquias de família”; anéis e pingentes antigos e novos encomendados pelo e-bay; presentes especiais de amigas queridas; amuletos da sorte; bijus antigas doadas pela sogra, cunha e mãe da noiva; quinquilharias diversas; e – o mais especial – relicários com fotos de entes muito amados já falecidos (da avó e tia do noivo e do avô da noiva). Hoje ele enfeita a cristaleira amarela na sala de jantar do casal e sempre desperta o interesse dos visitantes.

 O buquê de papel que foi jogado pulou de bump jump (com uma cordinha amarrada), para desesperado da mulherada lá embaixo, que só conseguiu pegá-lo na quarta tentativa… quanta tortura! rs

 Para os convidados não levarem docinhos nas mãos foram disponibilizados saquinhos de papel com a logo carimbada. Será que funcionou?! Até hoje não sei… rs

 O delicioso licor de jabuticaba feito pela mãe da noiva adoçou a boca dos convidados na saída da festa.

 Um fato inacreditável, surpreendente e emocionante foi o filho de uma vizinha muito querida da noiva – que estava em depressão profunda e praticamente não saia de casa há sete anos – ter aceitado ir ao casamento e participar com grande alegria de todo o evento e até dançar na festa; imagem realmente inesquecível eternizada no vídeo!

 No dia da cerimônia a equipe do cerimonial Helisa Augusto trabalhou para que tudo ocorresse da melhor forma possível.

 E finalmente, mas não menos importante, não dá para deixar de falar do nosso amado fotógrafo Jivago Sales que não foi invisível como a maioria dos fotógrafos, pelo contrário, foi um tremendo protagonista a noite toda e, juntamente com os super talentosos Kiu e Jú, nos trouxeram como resultado fotos maravilhosas, cheias de vida e grande emoção!!!

Por fim, após passar nove meses redigindo e, sobretudo, “digerindo” este texto tão gigante, refleti bastante sobre tudo o que aconteceu e, especialmente, como aconteceu e cheguei à seguinte conclusão: na verdade, foram principalmente as adversidades e os empecilhos que nos ajudaram a tomar os melhores rumos para que nosso casamento fosse assim tão bonito, tocante, memorável e principalmente, repleto de histórias para uma vida inteira!!! Afinal, não é todo dia que se vê tanta gente chorando ao mesmo tempo e no mesmo lugar, motivados pela mais singela, bela, pura e leve… ALEGRIA!!!

Ah, já ia me esquecendo… um último conselho: noiva, não se esqueça de reservar um lenço especialmente para a noivo; ele pode precisar e nem sempre terá um sogrão prevenido para emprestá-lo! rs

E vivaaaaaaa os noivos!!!”

 


 photo 1_zps1cacefb7.jpg
 photo 2_zps849b8b9c.jpg
 photo 3_zps289f854c.jpg
 photo 4_zpsaac889d1.jpg
 photo 5_zpsa4f1036c.jpg
 photo 6_zps3759fca9.jpg
 photo 7_zps9e88bdc4.jpg
 photo 8_zps911e2741.jpg
 photo 9_zpsc5e0e5e2.jpg
 photo 10_zps2af74920.jpg
 photo 11_zps020cf87a.jpg
 photo 12_zps0a4b91d9.jpg
 photo 13_zpsaf603e45.jpg
 photo 15_zpsaa35bb2a.jpg
 photo 16_zps647aae63.jpg
 photo 17_zpse65cfc68.jpg
 photo 18_zpse188d99d.jpg
 photo 19_zps69543609.jpg
 photo 20_zps6e5296d6.jpg
 photo 21_zpsedfbe740.jpg
 photo 22_zps0e79c7bd.jpg
 photo 23_zpsb1d1e1b6.jpg
 photo 24_zps80a1bb80.jpg
 photo 25_zps75790e5c.jpg
 photo 26_zps5c557ec3.jpg
 photo 27_zpsd5eed8b5.jpg
 photo 28_zpsc8adf21e.jpg
 photo 29_zps0c6a6c2b.jpg
 photo 30_zpsd7d65449.jpg
 photo 31_zps1f404bfe.jpg
 photo 32_zps0e7dab1b.jpg
 photo 33_zps45fefb12.jpg
 photo 34_zpse594d96c.jpg
 photo 35_zps6a09bf87.jpg
 photo 36_zpsa3b873a3.jpg
 photo 37_zpsa97d810d.jpg
 photo 38_zpse98802f0.jpg
 photo 39_zpsd935d546.jpg
 photo 40_zps4c90ae80.jpg
 photo 41_zps21d8a1f3.jpg
 photo 42_zps76c8f8a7.jpg
 photo 43_zpscda8b291.jpg
 photo 44_zps693202e9.jpg
 photo 45_zps55b4bf92.jpg
 photo 46_zpsac9a59fb.jpg

E o vídeo

FrufruCréditos:

Fotografia: Jivago Sales / Dia da noiva: Estúdio Jivago Sales / Local da cerimônia: Bela Casa / Local da recepção: Bela Casa / Celebrante: Ramon (amigo) / Video: Horizonte Video (Luiz) / Banda: Radiolaria

9 Comentários

  1. Virginia Ciolete disse:

    Meninas,
    Tudo bem?
    Ja me conhecem dos e-mails..
    Pedi orientações para cerimonia!
    Agora estou procurando um lugar que faça só maça do amor e algodão doce, mas nao encontro.
    Alguem tem algum lugar pra indicar?
    Obrigada!!!
    Beijos
    Virginia

  2. Valéria disse:

    Querida Bel,
    O post ficou lindo!!! Obrigada pelo carinho!
    É sempre muito emocionante rever este dia tão espacial e ter nosso esforço reconhecido!
    Beijossss pra você e Myriam e ainda mais sucesso!
    Com carinho,
    Val e Edinho

  3. Glauce disse:

    Ai que lindo!! Tem mais fotos não?!!! Emocionante, maravilhoso, delicado…. inspirador!! Parabéns ao casal, amigos e familiares que participaram de cada detalhe!

    1. Valéria disse:

      Oi Pessoal!!!

      Eu e Edinho estamos muito felizes em saber que gostaram de nosso casório! Fizemos tudo com muito carinho e ficamos realmente felizes quando recebemos elogios!!! Obrigada!!!

      Larissa, tem mais fotos das garrafinhas (e também do nosso book externo e chá de panela) no blog uma vez noiva sempre noiva:
      http://www.umaveznoivasemprenoiva.com.br/search?q=val%C3%A9ria+edinho
      Caso querida ver mais me peça que te envio por e-mail, ok?
      Meu e-mail é valeriapacheco@gmail.com

      Rayza, eu mesma fiz minha maquiagem. Cabelo fiz no salão Marriage, no funcionários/BH, bom demais!!! Só um detalhe, não contei que era noiva pois estava caríssimo. Infelizmente tive que omentir o fato e paguei preço de convidada normal. Por isso não tive dia da noiva e tals. Me arrumei no estúdio do fotógrafo e tiramos algumas fotos da auto-maquiagem. Valeu a pena!

      Glauce e Poliana obrigada pelo carinho!!! Vocês são fofas!

      Andrea, boa sorte em seu casório e muitas felicidades! Deus ilumine você e seu noivo!!!

      Bel e Myriam, mais uma vez obrigada pelo lindo post!!!

      Beijossss a todas!

      Valéria ;)

  4. Poliana Oliveira disse:

    Adorei a história e as fotos !!
    Podemos ver e sentir a felicidade deste casal !!
    Nota mil pra vocÊs :)

  5. Larissa disse:

    Valeria, q lindo!!!! Qria mt ver foto das garrafinhas! Pois estou juntando p usar no meu e qria idéias!!!! Obrigada

  6. Rayza Luppi disse:

    Quem fez a produção make/hair da noiva?
    Tudo muito lindo e original, parabéns aos noivos!

    Rayza Luppi.

  7. Andrea Soares disse:

    Nossa!!! que lindo esse casamento!!! Parabens aos idealizadores e muitas felicidades ao casal! O meu ta chegando e não vejo a hora… show de bola… bora la casar srsrsrrsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *