Casamento verde e branco – Jojo Ferraz e Gustavo

Mais um caso de amor à primeira vista. Mas não da Joana e do Gustavo (na verdade não sei se com eles foi assim). Mas estou falando do meu amor por esse casamento. Vi uma foto desses noivos lindos em um instagram por aí e logo entrei em contato: “Joana, por favor, amei seu casamento, tem tudo  ver com meu blog, posso postar? As meninas vão amar!”

E ela, uma fofa, correspondeu à minha paquera e… ei-lo aqui!!! Para minha alegria, esse casamento lindo estampando as páginas do blog!

Amei esse verde e branco (amo desde sempre e para sempre!)! E até as bridesmaids (damas adultas) estavam de branco! Eu achei L-I-N-D-O !!!

Frufru

“Fiquei noiva em agosto de 2015, da forma mais linda.

O Gustavo havia mudado para Brasília em maio daquele ano e eu ainda não tinha conseguido visita-lo (até hoje ele fica de segunda a sexta lá e vem todos os finais de semana). Ao chegar no ap, flores e vinho na sala. Fiquei tão feliz, estava tão animada com a visita, que não queria sair dali… e ele insistindo para que eu conhecesse os outros cômodos. Passados uns 15 minutos, grudada no buquê, decidi tomar um banho antes de jantarmos. Quando entrei no quarto, a surpresa: tinha escrito “Quer casar comigo?” com pétalas de rosa, em cima da cama e uma caixinha com o anel e as alianças”. Foi mágico e emociono só de lembrar.

frufru

Minha casa já exalava casamento…

Voltando para BH, minha mãe logo me pediu para esperar para avaliarmos datas… Minha irmã havia ficado noiva no mesmo ano e marcado o casamento para abril de 2016. Então minha casa já exalava “casamento” há meses! Rs.

Para conseguir casar também em 2016, comprometi-me com minha mãe a fazer algo menor (200 pessoas – parece muito, mas foi difícil demais fazer a lista). Marcamos para 05/11/2016 (05 + 11 = 16 – sou apegada a números e vi que o noivado também dava a soma: 07 + 08 = 15). Por coincidência, mesma data em que meus sogros casaram.

frufru

A escolha dos fornecedores

O Gustavo desde o início me deu bandeira branca para tudo do casamento. Dizia que o sonho era meu e ele compartilharia comigo tudo do meu jeito. Achei ótimo. Rs.

Escolhi casar as 11:00h da manhã na igreja e não são muitos lugares que celebram. Optei pelo Santuário Mãe de Deus, na mesma rua em que eu morava, onde frequento e onde minha irmã casaria. Lá é pequeno (capacidade 130 pessoas) e moderninho. Lindo!

Em 2012 havia ido em um casamento de dia no La Victoria e me apaixonado. Não tive dúvidas ao escolher o lugar da festa. Buffet, bebidas e móveis incluídos, o que facilita a vida de qualquer noiva.

Igreja e festa definidas, ainda em 2015 fechei também salão de beleza, decoração, foto e coral, pois fazia questão dos profissionais certos, e, ainda, vídeo e cerimonial, pois havia conseguido preços justos na black friday. Todos os demais fornecedores deixei para escolher após o casamento da minha irmã, quando faltaria 6 meses para o meu. Valeu a pena! Com muita antecedência não conseguia negociar muito. Faltando 6 meses consegui bons descontos (mas corri o risco de não conseguir determinado profissional por falta de data – deu certo, consegui todos que queria).

A partir de maio, aos poucos, fui definindo cada detalhe… O noivo não foi em nenhuma reunião (só na degustação do buffet), mas minha mãe e minha sogra iam comigo…

As músicas da cerimônia foram instrumentais (piano e violino) e todas da Disney, pois sou guia de uma agência e completamente alucinada com aquele lugar. Foi maravilhoso. Muitos convidados reconheceram e outros perceberam que conheciam a melodia, mas não recordavam exatamente de onde.

Após rodar muito, não encontrei nenhum vestido dos meus sonhos, mas encontrei quem o materializasse para mim! Ele foi desenhado do jeitinho que quis e cada prova foi intensamente curtida! Subir no banquinho é especial! O mesmo aconteceu com a sandália, que mandei fazer no molde do meu pé e amei! Dancei o dia inteiro.

frufru

As maiores “polêmicas” foram:

(tive que ignorar muita opinião alheia a respeito):

1. escolhi usar o carro de um amigo, de apenas 2 lugares. Do salão de beleza para a Igreja, com o meu pai e da Igreja para festa, com o Gustavo (que não bebe nada alcóolico, então pôde dirigir também da festa para o hotel). Foi a melhor escolha! Curti cada momento a sós com cada um deles. Amor transbordando. A fotógrafa e a filmagem iam sempre em outro carro, logo atrás.

2. damas (nossas irmãs) de branco! Quando o Príncipe Willian e a Kate casaram, amei que a irmã dela, Pippa, foi dama de branco. Desde então já tinha essa ideia… Minha irmã apoiou e a cunhada também. Muita gente acha que “concorre” com a noiva, mas a gente se sente tão linda e importante no dia, que nenhuma outra pessoa de branco é capaz de ofuscar nosso brilho. Apenas cuidei para que o modelo do vestido e o penteado fossem totalmente diferentes dos meus.

frufru

O casamento civil

Casamos no civil um dia antes, com um brunch em um restaurante apenas para nossas famílias. Como meu salão era muito cedo no sábado, preferi ter a noite de sexta livre, em casa…

Caiu muita chuva no dia do civil e, no dia do casamento, o céu ficou preto durante a cerimônia inteira, mas não caiu nem um pingo!

Confesso que a gente fica tão flutuando de amor, que nem a chance de chuva deixa a gente preocupada…

Claro que a gente torce e reza, mas preferi acreditar e me preparei, colocando toldo na festa e traçando um caminho alternativo na igreja. Deu tudo certo!

frufru

A maior dica que dou para as noivas é:

delegue tudo que puder. Pequenos detalhes, que não fazem a diferença, você sequer precisa saber. Foi assim que fiz nos últimos 15 dias. Mãe, sogra e irmã olharam tudo para mim…

E o noivo ficou por conta da obra do apartamento (que nos meses anteriores também ficou sob a minha responsabilidade).

Pude curtir toda a ansiedade do momento e fazer as coisas indelegáveis (prova do vestido, da sandália, etc) com calma…

Relembrar tudo dá uma saudade de ser noiva…

Jojo”casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh casamento-verde-e-branco-em-bh

Frufru

Créditos:

Igreja: Santuário Mãe de Deus | Decoração Igreja: Nathaly Petruceli | Coral: Grupo Tomanik  | Recepção: La Victoria | Decoração Recepção: Verde que te Quero Verde | Buffet e doces: La Victoria | Bolo: Dilene | Mesa de Café: Café com Bombom | Bem casado: Graça Souvenir| Fotógrafa: Bárbara Dutra | Filmagem: Jelter Duarte | Dj: Rodolfo Brito – Best Produtora | Som: Prodel | Cerimonial: Fiancée | Convites: Atelier do Convite | Salão Noiva: Ana Valle Make Up | Vestido noiva: Thais Teixeira | Tiara: Avivar Noivas | Sandálias: Ana Miranda | Dia do Noivo: Barbearia Seu Elias | Terno Noivo: Ricardo Almeida | Alianças e jóias: Loxus Jóias | Mãe da noiva e damas: Atelier Áurea Veloso | Lua de Mel: Tailândia e Dubai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *